A pessoa com deficiência numa perspectiva do discurso religioso: inclusão ou exclusão na Assembleia de Deus.

Autores

  • Sheila Santos Carvalho Ribeiro Faculdade Serra da Mesa

Resumo

Pretendemos uma análise de como o discurso de uma igreja cristã influencia as relações quanto às pessoas com deficiência, no que tange a trajetória predominantemente marginalizada que são submetidas essas pessoas. De como a Igreja Assembleia de Deus demonstra através de seu discurso as relações de inclusão ou exclusão quanto à recepção da pessoa com deficiência. 

Referências

ALONSO, Leandro Seawright. Jesus Narrativo: oralidade cristã entre história, memória e mítica. PLURA, Revista de Estudos de Religião/PLURA, v. 3, n. 1, Jan-Jun, p. 130-148, 2012.

AMARAL. Lígia A. Pensar a Diferença/Deficiência. Brasília: Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência –CORDE, 1994. p.14. Disponível em: pesquisa.bvsalud.org/bvsms/resource/pt/mis-. Acesso em: 17-10-2017.

ARANHA, Maria Salete Fábio. Paradigmas da relação da sociedade com as pessoas com deficiência. Revista do Ministério Público do Trabalho, v. 11, n. 21, p. 160-173, 2001.

ASSMANN, Hugo. Clamor dos pobres e “racionalidade” econômica. São Paulo: Paulinas, 1990.

BAUMAN, Zygmunt. Globalização: as consequências humanas, tradução, Marcus Penchel. Rio de Janeiro: Zahar, 1999.

BERGER, Peter Ludwig. O dossel sagrado: elementos para uma teoria para uma teoria sociológica da religião. BENEDETTI Luiz Roberto (org.). Tradução de José Carlos Barcelos. São Paulo: Paulinas, 1985.

BÍBLIA, Genebra. São Paulo e Barueri, Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2007.

BRASIL, Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (2007). Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência: Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência: decreto legislativo nº 186, de 09 de julho de 2008: decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. -- 4. ed., rev. e atual. – Brasília : Secretaria de Direitos Humanos, Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, 2011. 100 p.: il. fots. color. ISBN: 978-85-60877-18-8 Disponível: www.mpsp.mp.br/portal/page/...ppdeficiencia/.../ConvONU-PCDLegislaçãoBr.doc. Acesso em: 20-11-2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil (1995). Brasília: Senado Federal.

BULTMANN, Rudolf. Teologia do Novo Testamento, Editora Teológica, 2004.

CAMPOS, Leonildo Silveira. Teatro, templo e mercado: uma análise da organização, rituais, marketing e eficácia comunicativa de um empreendimento neopentecostal-Igreja Universal do Reino de Deus. Doutorado em Ciências da Religião. São Bernardo do Campo: IMES, 1996. Disponível em: www.nepp-dh.ufrj.br/ole/textos/t_g_campos1996.pdf. Acesso em 02-12-2017.

CARTILHA DO CENSO 2010 – Pessoas com Deficiência / Luiza Maria Borges Oliveira / Secretariade Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) / Secretaria Nacional dePromoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD).

CAVALCANTE, F.G.; MINAYO, M.C.S. Representações sociais sobre direitos e violência na área da deficiência. Ciência e Saúde Coletiva, v.14, n.1, p.57-66, 2009. Disponível em: www.scielo.br/pdf/icse/v15n36/aop4110 . Acesso em: 19-12-2017.

CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DOS MEMBROS DA CONVENÇÃO GERAL DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL - CGADB. Disponível em: https://www.cgadb.org.br/site2017/. Acesso em: 16-11-2017.

DAWKINS, Richard. Deus, um delírio. São Paulo: Companhia dasLetras, 2007.

DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DAS PESSOAS DEFICIENTES Resolução aprovada pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas em 09/12/75 Disponível em: http://www.pcdlegal.com.br/convencaoonu/wp-content/themes/convencaoonu/livrodigital/files/assets/basic-html/index.html#3. Acesso em: 20-11-2017.

ELIADE, Mircea. Mito e realidade. 6. ed. São Paulo: Editora Perspectiva, 2006.

ESTATUTO DA CONVENÇÃO GERAL DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NO BRASIL.Disponível em: https://www.cgadb.org.br/site2017/. Acesso em: 16-11-2017.

FEITLER, Bruno. Nas malhas da consciência: Igreja e Inquisição no Brasil: Nordeste 1640-1750. Phoebus, 2007.

FERRAZ, S., et al.,orgs. Deuses em poéticas: estudos de literatura e teologia. Belém: UEPA; Campina Grande: EDUEPB, 2008. 364 p. ISBN 978-85-7879-010-3.

Fo,Jacopo; Tomat,Sergio; Malucelli,Laura. O Livro Negro do Cristianismo - Dois Mil Anos de Crimes em Nome de Deus. Ediouro - Singular 2007. Disponível em: https://jandirainbow.files.wordpress.com/.../o_livro_negro_do_cristianismo_-_jacopo. Acesso em: 30-11-2017.

FOUCAULT, Michel. Os anormais. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

FOUCAULT, Michel.As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. Tradução Salma Tannus Muchail, 8º ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FOUCAULT. A Ordem do Discurso. 7ª ed., São Paulo: Edições Loyola, 2001b.

FOUCAULT. Microfísica do poder. 9. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1990.

FOUCAULT. Os Anormais: curso no Collège de France (1974-1975). (Aula de 12 de fevereiro de 1975). São Paulo: Martins Fontes, 2001a.

FRESTON, Paul. Breve história do pentecostalismo brasileiro in: ANTONIAZZI, Alberto (org.). Nem anjos nem demônios: interpretações sociológicas do pentecostalismo. Petrópolis: Vozes, 1994.p 67-159.

FRESTON, Paul. Protestantes e política no Brasil: da Constituinte ao impeachment. Tese de Doutorado, Campinas, IFCH-Unicamp, 1993.

GALIMBERTI, Umberto; CALLONI, Euclides Luiz. Rastros do sagrado: o cristianismo e a dessacralizacao do sagrado. Paulus, 2003.

GASPARETTO, Zíbia, ditado por Lucius. Somos todos inocentes.23. ed. São Paulo: Vida & Consciência Editora, 2006.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 1989.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1988. Disponível em: http://www.aberta.senad.gov.br/medias/original/201702/20170214-114707-001.pdf. Acesso em 29-11-2017.

GOFFMAN, Erving. Manicômios, prisões e conventos. 3. ed., São Paulo: Perspectiva, 1990.

HUMANOS, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS. Disponível em:< http://www. onu-brasil. org. br/documentos_direitoshumanos. php>. Acesso em, v. 16, 1948.

HUMANOS, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS. Disponível em:< http://www. onu-brasil. org. br/documentos_direitoshumanos. php>. Acesso em, v. 16, 1948.

LEMOS, Carolina Teles. Dossiê: Vida e medo: concepções de corpo e sexualidade na tradição cristã-católica. Horizonte, Belo Horizonte, v. 9, n. 21, p. 284-305, abr./jun. 2011 - ISSN: 2175-5841 284DOI – 10.5752/P.2175-5841.2011v9n21p284.

LEMOS, Carolina Teles. ECCO, Clóvis. Religião e Família no Cotidiano dos Soropositivos para o HIV-AIDS. In: LEMOS, Carolina Teles. Religião: Luzes e sombras da vida cotidiana. São Paulo: Fonte Editorial, 2016. p.43-66.

MARIANO, Ricardo. Crescimento pentecostal no Brasil: fatores internos. Revista de Estudos da Religião, São Paulo, v. 8, p. 68-95, dez. 2008.Disponível em: www.pucsp.br/rever/rv4_2008/t_mariano.pdf. Acesso em: 30-11-2017.

MARIANO, Ricardo. Neopentecostais: sociologia do novo pentecostalismo no Brasil. São Paulo, Loyola, 1999.

MARIN, Jérri Roberto. A Assembleia de Deus e sua inserção no mercado religioso da década de 1990. Revista Brasileira de História das Religiões, v. 6, n. 17, p. 189-214, 2014. Disponível em: www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1364932556_ARQUIVO_anpuh[1].pdf. Acesso em: 02-12-2017.

MARIN, Jérri Roberto. A Assembleia de Deus nos anos de 1990: A " Década da Colheita". Dossiê: Religião, Mercado e Mídia. Horizonte, Belo Horizonte, v. 12, n. 34, p. 436-464, abr./jun. 2014 – ISSN 2175-5841 440. disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/P.2175-5841.2014v12n34p436.br. Acesso em: 03-12-2017.

MENDONÇA, Antônio Gouvêa. Introdução ao Protestantismo no Brasil. São Paulo: Loyola, 1990.p.17-18.

MORAIS, Pastor José Alves Neto. Década da colheita. Assembleia de Deus. Disponível em: <http://www.apazdosenhor.org.br/p_index.php?pag=decada>. Acesso em: 27-11-2017.

OLIVEIRA, Lilia Candella de. Visibilidade e Participação Política. 2010. Tese de Doutorado. PUC-Rio. Disponível em: http://www.dbd.puc-rio.br/pergamum/tesesabertas/0812002_10_pretextual.pdf. Acesso em: 8-11-2017.

PADILLA, R. Missão integral: ensaios sobre o Reino e a igreja. São Paulo: Fraternidade Teológica Latino americana – Setor Brasil e Temática Publicações, 1992.

PASSOS, Paulo Rogério Rodrigues. Igreja Neopentecostal Fonte de Vida: A restauração da individualidade como estratégia de conversão e empoderamento da classe média brasileira. Tese de doutorado em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. 2012.

PATTO, Maria Helena Souza. Mutações do Cativeiro: escritos de psicologia e política. São Paulo: Hacker Editora- Edusp, 2000.disponível em: tede2.pucgoias.edu.br:8080/bitstream/.../Paulo%20Rogerio%20Rodrigues%20Passos.pdf. Acesso em: 10-12-2017.

PROJETO para a Década da Colheita. Mensageiro da Paz, Rio de Janeiro, v. 60, n. 1.237, p. 15, fev. 1990. Disponível: em:www.revistas2.uepg.br/index.php/rhr/article/download/2423/2220. Acesso em: 29-11-2017.

REIMER, Ivoni Richter. Trabalhos Acadêmicos: modelos, normas e conteúdos. São Leopoldo: Oikos, 2014.

RIBEIRO, Sheila Santos Carvalho. O ethos excludente do cristianismo em relação a pessoa com deficiência.Religiões em Reforma: 500 anos depois. Carolina Teles Lemos Publicação e-book no site PUC Goiás. ANAIS do XIII Seminário do Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Ciências da Religião e Soter Regional. 2017, p. 88-96. Disponível em: http://sites.pucgoias.edu.br/eventos/xiiiseminariodonucleodeensinopesquisaeextensaoemcienciasdareligiaosoterregional/caderno-de-resumos/. Acesso em: 19-11-2017.

ROCHA, Alessandro Rodrigues. Teologia sistemática no horizonte pós moderno: um novo lugar para a linguagem teológica. São Paulo. Vida, 2007.

SILVA, Otto Marques da. A epopeia ignorada. A pessoa deficiente na história do mundo de ontem e de hoje. São Paulo: CEDAS, 1987.

SOUZA,José Pinheiro de Mitos Cristãos: desafios para o diálogo religioso/ José Pinheiro de Souza. 2. ed. revista - Fortaleza, 2012. 200p.

SOUZA, José Pinheiro de. Três Maneiras de Ver Jesus: a maneira histórica, a mítica literal e a mítica simbólica. Fortaleza: Gráfica LCR, 2011b.

Unidas sobre os Direitos da Criança (1989). Onu-Brasil. Disponível em:

VAINFAS, Ronaldo; FEITLER, Bruno; DA GAMA LIMA, Lana Lage. A Inquisição em xeque: temas, controvérsias, estudos de caso. EdUERJ, 2006.

WEBER, Max. Economia e sociedade. Trad. Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa. Brasília: UNB, 1991.

WEBER. Marx. 2000. Economia e sociedade. Vol. 1: Fundamentos da sociologia compreensiva. Brasília: Ed. UnB.

ZAMBONI, Marcio, Marcadores Sociais. Sociologia Especial. 2012, p, 13-18. disponível em: https://pt.scribd.com/document/315588314/ZAMBONI-MarcadoresSociais. Acesso em: 24-11-2017.

Publicado

2019-01-28

Edição

Seção

Dossiê